O que o WordPress pode fazer por você

O WordPress é uma plataforma de CMS – Content Management System desenvolvida originalmente para criação de blogs que ganhou uma dimensão bem maior em função das funcionalidades que foram incorporadas ao sistema. Embora sua aplicação principal continue sendo a criação de blogs, o WordPress está presente hoje em dia em diversas aplicações web como sites, institucionais, pequenas lojas virtuais, sites de compras coletivas e outras. A versatilidade do sistema é a principal característica do WordPress que já está na sua versão 3.2.1 e continua a nos surpreender a cada dia.

O que o WordPress Oferece?

Acima de tudo, praticidade e facilidade. Você não precisa saber programação para gerenciar um blog ou qualquer outro site desenvolvido com o WordPress. Se você consegue preencher um campo de formulário, isso já é o suficiente para atualizar o seu site. Também não é necessário contar com programas do tipo FTP, editor de textos, editor de códigos e outros tão comuns no dia-a-dia de quem gerencia um site criado de forma tradicional. Para deixar a coisa ainda melhor, toda a ferramenta está traduzida, e por isso você não precisa se preocupar com a questão do inglês como barreira para a utilização do sistema.

Os acessórios do WordPress

O que dá força e versatilidade ao WP são os inúmeros Plugins disponíveis. Em nosso curso sobre criação de blogs é nesse momento que os participantes percebem a real forma do WordPress. Os plugins do WordPress são acessórios, também em sua imensa maioria gratuitos, que adicionam novas funcionalidades à plataforma. Esses plugins se integram de forma automática ao WordPress e criam novas funções para o sistema como por exemplo ferramentas avançadas para o trabalho de SEO, integração com mídias sociais, integração com meios de pagamento online e várias outras.

Layouts para seu site

Uma outra coisa que fascina as pessoas que tem um primeiro contato com o WordPress é a quantidade de layouts disponíveis para a criação do seu projeto. São literalmente milhares de opções gratuitas disponíveis na Internet para download. São as chamadas templates para WordPress. Com elas você pode configurar um site totalmente novo, bastando para isso manipular os widgets da plataforma de maneira adequada. Se você quiser optar por templates mais sofisticadas e com mais funcionalidades, poderá também adquirir uma nos diversos sites especializados por um custo em torno de U$ 40,00 o que sinceramente vale a pena pela qualidade de algumas que são oferecidas.

O que você pode fazer com o WordPress

Como eu disse no início do artigo, praticamente tudo. Com o auxílio de plugins você pode montar estruturas de sites bastante complexas, bastando para isso conhecer os recursos e ferramentas disponíveis no WordPress. Para dar apenas alguns exemplos, vou listar algumas aplicações para a o WordPress:

  • Blogs (a idéia original)
  • Sites institucionais
  • Sites de portfólio
  • Pequenas lojas virtuais
  • Site de classificados
  • Sites de Compras Coletivas
  • Sites de empregos
  • Redes Sociais
  • Sites de bookmarking social
  • Diretórios de artigo
  • Sites para restaurantes com agendamento de presença
  • Etc… etc… etc…

Em alguns casos, basta você encarar a funcionalidade oferecida por um outro prisma para descobrir outras aplicações para os recursos oferecidos. Eu pessoalmente, transformei a aplicação que cria um site para restaurante com opção de marcação de horário em um site para uma petshop onde você pode agendas a tosa do seu cãozinho. É apenas uma questão de manipulação das funções da plataforma.

Os custos de manutenção do WordPress

O código básico do WordPress é gratuito e pode ser baixado diretamente no site do projeto em WordPress.Org e sua instalação é bastante fácil. Se você não quiser fazer a instalação você mesmo, alguns provedores de hospedagem, como a KingHost, uma das empresas parceiras do Curso de E-Commerce, oferecem essa instalação de forma automática em seu plano de hospedagem. O custo de uma hospedagem está em aproximadamente R$ 19,00 o que é bastante razoável em termos de custo. Caso você não queira hospedá-lo em um domínio próprio, existe também a opção de hospedagem gratuita, que embora possua bem menos recursos, também é viável, mas não recomendada para uso profissional.

Portanto, se você pretende desenvolver um site, não tente reinventar a roda, pesquise para saber se o WordPress não tem uma solução pronta para o que você pretende fazer. E se você pretende conhecer o funcionamento dessa plataforma, considere fazer o nosso curso de criação de blogs onde ensinamos o passo-a-passo da criação de qualquer tipo de site utilizando o WordPress.

Alberto Valle, consultor e instrutor do Curso de E-Commerce

Avalie este artigo!