Por que sua empresa está no Twitter?

A primeira onda de crescimento do Twitter no Brasil, notei depois da CampusParty Brasil 2008, maior evento de tecnologia, entretenimento eletrônico e cultura digital em rede no mundo. Grande parte dos participantes, já usavam a ferramenta e talvez ali, muitas empresas começaram a perceber que precisavam estar lá, também.

E por que estar no Twitter?

Acompanhando a movimentação das empresas em redes socias, não demorou para que todas chegassem ao Twitter, que nessa hora já perdeu o foco inicial de “o que você está fazendo?”. Você já não quer falar o que está fazendo, quer interagir com pessoas, saber de novidades, clicar em links indicados, discutir, ler e ser lido. Brasileiro adora se relacionar em mídias sociais e, não é à toa, que é um dos cinco países que mais cresceu em número de usuários no twitter, segundo Evan Williams, cofundador e executivo do Twitter, que esteve recentemente no evento Web 2.0 Summit, em São Francisco (EUA).

Vejo diversas empresas criarem sua conta e não saberem o que fazer dali pra frente. Postar notícias? Vender? Você pode fazer isso também, mas o mais importante é se relacionar com seus públicos. Criar um planejamento e saber o que você quer com o twitter; não basta apenas estar lá.

As redes sociais deram certo por conta da aproximação empresa-cliente. Pessoas se relacionam com pessoas. Querem conversar com você da forma mais simples e clara, como se fosse “sua amiga” e espera ser bem tratada e que sua dúvida/problema seja resolvido ali mesmo, no twitter.

Segundo dados de pesquisa divulgada pela consultoria norte-americana ComStore, o twitter já ultrapassou em todo o mundo os 44,5 milhões de usuários, com um crescimento de 1.460% apenas no último ano. Pesquisas mostram que empresas que se relacionam com clientes por mídias sociais, tiveram um crescimento de 18% na receita – enquanto as com pior colocação tiveram 6% de perda.

Formulá Mágica

Não existem fórmulas de sucesso. Como tudo é muito novo, existem ferramentas de mensuração dos resultados que podem ajudar no diálogo que você está tendo com seus clientes. Não pense que é uma onda passageira. As redes sociais já substituem SAC, e-mail e já são o principal canal de contato em programas de rádio e tv. Comunique, interaja, mensure e fique de olho no Google Plus.

Avalie este artigo!