Mudança de URL pode prejudicar posicionamento no Google

Um problema que vem afetando cada vez mais quem tem uma loja virtual é a perda de posições arduamente conquistadas no Google em função da troca de plataforma de e-commerce. Isso tem deixado muita gente desesperada porque como todo mundo sabe, uma boa colocação vale ouro em termos de divulgação de um site ou loja virtual. O problema não afeta exclusivamente as lojas virtuais, mas qualquer site ou blog que tenha mudado de alguma forma o endereço das URLs  – www.seusite.com.br/produto-tal.html – já cadastradas no Google, Yahoo ou MSN/Bing. A primeira vista o problema parece ser realmente gigantesco, mas aplicando técnicas de SEO adequadas, pode ser resolvido com certa facilidade.

A Origem do Problema

Digamos que você já a algum tempo trabalha com uma plataforma de e-commerce alugada e por um motivo qualquer resolve trabalhar com um outro fornecedor de sistema de e-commerce ou usar uma plataforma própria. Nessa ocasião, sua loja já tem vários produtos listados no Google e muitos deles em ótimas colocações. Ótimo, um tráfego muito bom sendo direcionado para o seu site e muitas vendas sendo realizadas.

O problema acontece quando você realiza a mudança de plataforma de e-commerce que na maioria dos casos troca  o endereço da página indexada, principalmente as paginas de descrição de produtos, que vão ser modificados em função da nova estrutura da sua loja virtual.

O endereço que anteriormente era www.seusite.com.br/produto-tal.html pode ser alterado para www.seusite.com.br/categoria_a/produto-tal.php. A mudança parece ser pequena, mas é o suficiente para o Google e outras ferramentas de busca não conseguirem mais listar as suas páginas, porque para eles, essas páginas não existem mais. Resultado, todo o trabalho de SEO – Otimização para ferramentas de busca – pode ir por água abaixo e este trabalho custa dinheiro além é claro de ser a principal ferramenta de marketing digital de qualquer site ou loja virtual. O problema é gigantesco, pois pode comprometer seriamente a divulgação do seu site, mas não é insolúvel.

A Solução – Duas Etapas

Primeira Etapa – A solução para o problema tem duas etapas. A primeira é criar um redirecionamento para as URLs que não existem mais, seja através de código ou outra forma que você encontre para informar a página sem ferir a integridade de sua estratégia de SEO. A forma mais comum é a criação de um redirecionamento 301 para a nova URL. Funciona, embora o redirect não seja muito bem visto pelas ferramentas de busca, mas se você estiver usando o próximo passo, o buscador vai entender o que você está fazendo.

Segunda Etapa – A segunda etapa para a mudança de URL em um site consiste na correta manipulação de um arquivo essencial em qualquer site, o sitemap.xml. Esse arquivo informa às ferramentas de busca o endereço de todas as URLs do seu site além de outras informações como, por exemplo, a periodicidade de modificação destas páginas. Esse arquivo não só agiliza a atualização das URLs do seu site quando é enviado para o buscador, como também facilita a indexação quando os buscadores visitam o seu site. A manipulação deste arquivo nessa operação de transferência de destino das páginas já indexadas consiste em informar o endereço antigo, a freqüência de atualização e a URL nova.

A operação não é assim tão complicada, mas exige muita técnica e conhecimento. O resultado porém é sensacional uma vez que você pode mudar completamente a plataforma de e-commerce ou CMS que você usa sem perder o ranking no Google, desde que mantidos os padrões de conteúdo e meta-tags. Bem melhor que ter que começar tudo de novo.

Como Dominar Estas Técnicas

Essa e outras técnicas de SEO você aprenderá no curso Otimização Para Ferramentas de Busca que será realizado no dia 06/01 no Rio de Janeiro. Para conhecer detalhes sobre o curso, como conteúdo e condições, clique aqui para acessar a página do curso em nosso site. Se você está em outra cidade ou estado, poderá participar do treinamento de SEO online. Para mais informações sobre este curso online clique aqui.

Avalie este artigo!