Vagas no mercado de marketing digital existem, mas…

Uma coisa que eu sempre ouço e leio por aí é que o mercado de Marketing Digital está oferecendo várias vagas e oportunidades, com bons salários boas condições de trabalho. Parece até conto de fadas, né? Mas, pesquisas mostram que, por mais incrível que possa parecer, é verdade.

O e-commerce, assim como os diversos novos modelos de negócios na internet tem registrado vários recordes de faturamento. Mais de 30 milhões de consumidores virtuais por ano confirmam isso, e apenas o varejo virtual já fatura mais de 15 bilhões por ano (no Brasil), superando o  varejo tradicional em várias categorias de produtos. Ainda é preciso considerar que não estamos somando as vendas de bens duráveis (Imóveis, automóveis e outros), e nem de prestações de serviços, publicidade online e outros tipos de negócios na internet. A coisa está crescendo em ritmo acelerado!

Uma ótima notícia para os profissionais que efetivamente investem em suas carreiras é que os salários neste setor estão em alta. Profissionais qualificados chegam a receber salários acima de R$ 12 mil e já somam 8% do mercado, sendo que 67% dos profissionais do setor recebem, em média, mais de R$ 3 mil reais por mês, segundo a edição 24 da pesquisa WebShoppers (realizado pelo conceituado instituto e-Bit – Empresa que reune mais de 2.000 lojas virtuais no Brasil).

Sendo assim, certamente, a primeira pergunta que você deve estar se fazendo é: “Se o mercado de Marketing Digital está contratando e se está remunerando bem, por que ainda tem tantas vagas a serem preenchidas?

Em primeiro lugar, é fato que AINDA FALTA GENTE QUALIFICADA no mercado. Saber fazer excelentes planilhas, lindos gráficos e ser o “Ás” das ferramentas de mídias sociais é importante, mas não é fundamental. Honestamente, qualquer um faz isso. Sério!

Vagas no E-commerce, Marketing Digital e Mídias SociaisAs empresas estão procurando profissionais capazes de PENSAR (que é uma capacidade que parece estar em extinção, infelizmente), com talentos analíticos e com atitude. Hoje em dia, as empresas – as boas, pelo menos – não querem mais apenas o funcionário “carimbo”, que faz o “seu trabalho”: Elas querem o profissional com talentos diversos, capaz de operar em grupo e remotamente. As empresas procuram aquele tipo de profissional que diz “deixa comigo” ao invés daquele profissional que pergunta “o que eu devo fazer agora?

Sim, é verdade: Decidir dá medo, é arriscado e pode dar errado. MUITO ERRADO! Mas, só erra quem faz, e as empresas sérias sabem disso! E é justamente aí que entra a importância de uma boa formação acadâmica – que nada tem a ver com o “nome” da instituição, mas do proveito que você tira da sua experiência acadêmica – de cursos de formação complementar (como as certificações Google) e bons cursos de Pós Graduação em Marketing Digital.

A formação do profissional de marketing digital

Quando você tem uma formação sólida, baseada em aprendizado prático, resolução de problemas e convive com outros profissionais, sua capacidade de assumir responsabilidades e tomar decisões cresce absurdamente. Você SABE o que deve ser feito. E mesmo quando não sabe, tem embasamento sólido sobre o que está sendo feito no mercado, o que tem funcionado e o que tem sido #FAIL. Assim, você acaba tendo o “feeling” de como agir, mesmo quando a dúvida bate.

Com isso em mente, visando uma capacitação em marketing digital, recomendo que você estude profundamente os fundamentos do Marketing, Administração, Comunicação, etc. (sim, estou falando de Kotler, Drucker, McLuhan e outros na mesma linha). Além disso, é importante estudar estratégia, sem a qual, nada acontece.

Se você é da área técnica, já sai na vantagem, pois é mais fácil aprender a teoria acadêmica do Marketing do que a parte técnica (na minha visão, ao menos). Mas se você conhece a teoria e não tem muita intimidade com a parte técnica, não desanime: Isso pode ser contornado com alguns cursos de especialização em marketing digital, certificações e formações. É claro que cada profissional tem seu lugar no mercado, então, não adianta “surtar”: Estude, qualifique-se e as coisas vão acontecer. Sorte é quando a oportunidade chega e te encontra preparado!

Fonte: Renato Siqueira

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes