Loja virtual Grátis? Não existe

Você acredita que pode montar uma loja virtual sem gastar nada?

Bem, se a resposta for sim, desculpe, mas você está enganado ou então mal informado. No mundo virtual não existe nada grátis. Existem algumas propostas onde você não consegue identificar o custo, mas grátis mesmo, não existe.

Dá para imaginar um negócio que movimenta muito dinheiro em uma hospedagem grátis? Que tipo de segurança teria esse provedor de hospedagem? Qual seria a garantia do cliente que compra nessa loja virtual?

Vamos combinar uma coisa: ou é experimental ou é sério, concorda? Pois bem, definido esse conceito básico, vamos passar a outras considerações. Vejamos então alguns mitos sobre o e-commerce grátis ou então o “projeto de e-commerce” que não vai “custar nada” ou “quase nada”.

Lojas open source são grátis

Meia verdade. Os códigos das loja virtuais open source são grátis, mas sua instalação e configuração deve ser feita por um profissional qualificado com um bom conhecimento de programação e isso, é claro custa dinheiro.

Não adianta tentar improvisar chamando aquele “sobrinho que mexe com internet” porque a coisa não funciona. Uma boa instalação de um sistemas de comércio eletrônico de código aberto como, por exemplo, o Magento, requer profundos conhecimentos de programação e funcionamento na Web como um todo.

Trata-se de uma loja virtual open source mas isso não significa que seja uma loja virtual grátis.

No vídeo abaixo você pode assistir uma explicação que damos sobre isso em nosso curso Como Montar Uma Loja Vitual.

Existem modelos de layout grátis para minha loja virtual?

Outra meia verdade. Existem sim alguns templates – modelos de layout – grátis que podem ser aplicados a sua plataforma de e-commerce de código aberto, mas customizar esse layout é coisa para profissional. Depois que você faz o download da template, você certamente irá querer colocar a sua logo, um mote da loja, alterar algumas cores e talvez textos. Mais uma vez, para fazer isso você precisará de um programador para fazer todas estas alterações. Portanto, grátis é o código original, a customização custa dinheiro. As lojas virtuais grátis tem sim um custo embutido.

Profissionalismo é a ordem no e-commerce

Se você pensa em entrar no mundo do comércio eletrônico através de uma “porta mágica” oferecida por alguém que não tem comprometimento com o seu negócio e lhe oferece o caminho da prosperidade sem investir um único centavo, é bom passar a acreditar também em Papai Noel e Coelhinho da Páscoa. O comércio eletrônico atual exige profissionalismo e capacitação. Tentar montar uma loja virtual com soluções “meia boca” é simplesmente uma decisão estúpida e inconseqüente. O mercado está seletivo e profissionalizado e portanto, esse tipo de solução é o caminho certo para o fracasso e decepção em termos de empreendedorismo na Web.

A “Fada Madrinha” do marketing digital

Uma outra oferta sedutora é o Marketing a Custo Zero. Esse tipo de Fada Madrinha costuma aparecer para lhe vender a ilusão de que você pode se tornar um “Hit na Internet” sem gastar um único tostão. Essa Fada tenta lhe convencer que conseguir uma posição no topo das páginas de resposta do Google é coisa simples. É só SEO, diz a lenda. Na verdade, não é nada assim. SEO é coisa séria e exige treinamento e capacitação. Dizer que é fácil, é vender ilusão. Implementar um trabalho de SEO sério e responsável é uma garantia de resultados consistentes em termos de vendas e relacionamento com os seus clientes., mas exige investimentos e trabalho árduo. Isso a Fada Madrinha do Marketing Zero prefere não comentar, afinal de contas, a missão dela é vender ilusões.

Web Analytics

Interpretar o comportamento dos usuários em um site é ferramenta fundamental para o aperfeiçoamento de um e-commerce e verificação das ações em marketing digital. Ferramentas como o Google Analytics são gratuitas, mas a capacitação para interpretação dos mais de 80 indicadores que o GA oferece em sua configuração básica é trabalho para profissionais qualificados para tanto. Não é nenhum mistério reservado a poucos iniciados, mas exige obviamente treinamento adequado. Instalar o código de monitoramento do Google Analytics é uma coisa, compreender as informações que ele fornece é outra.

Conclusão

O comércio eletrônico não  é nenhum “bicho de sete cabeças”, mas também não é tão simples quanto tentam as vezes passar. As oportunidades para os empreendedores sérios realmente existem no e-commerce, mas a capacitação e conhecimento do cenário empresarial em que se está ingressando, é fator determinante para qualquer negócio na Internet, principalmente os de sucesso.

Mas, se mesmo depois de tudo isso você acha que é possível montar uma loja virtual grátis, ou sem gastar nehum diheiro… Boa sorte.

Loja virtual Grátis? Não existe
Avalie este artigo!

2012-01-25T09:01:17+00:00 By |E-commerce|

6 Comments

  1. Loja Virtual 1 de outubro de 2012 at 13:22 - Reply

    Excelente posicionamento! Somos desenvolvedores de Loja Virtual e enfrentamos diariamente questionamentos sobre valores que cobramos ou comparações com plataformas gratuítas ou com valores insignificantes mensais de “aventureiros”. A verdade é uma só! Todo mundo quer ficar rico da noite para o dia sem gastar nada, mas não não sabem, ou pelo menos fingem não saber, que tudo tem custo. Eu sempre digo que: “Se você não tem dinheiro, então nem comece” Ou, “Se sua casa está pegando fogo e você só tem um copo de água, é melhor beber! ”
    E o pior… Ninguém se pergunta:
    “EU faria exclusivamente alguma coisa de graça para centenas de pessoas?”
    “O que estas pessoas estariam ganhando em troca?”
    Ou ainda… “Será que lá na frente não vou ter que gastar alguma coisa que ainda não me falaram?”
    Ficar rico sem fazer nada todo mundo quer… (até eu!) Mas trabalhar e investir, ninguém quer!

  2. Thel Monaju 1 de julho de 2011 at 11:31 - Reply

    como leigo em ferramentas web,fico bastante confuso com as propostas oferecidas por estas franquias virtuais,que substimam nossa inteligência.pois não se limitam a oferece-la gratuitamente além de oferecer milagrosos planos de enriquecimento.é o culmulo do atrevimento.principalmente diante de promessas do tipo“não prescisa vender nada´´.como dito no inicio sou leigo más não burro.

  3. Sara 26 de junho de 2011 at 17:30 - Reply

    Eu montei uma loja virtual há uns 4 meses. No começo até tentei esse tipo de mágica, ou seja, não gastar nada, até que desisti e convenci a meu irmão a entrar como investidor no negócio. Contratei uma agencia que fez a loja, utilizando o Magento mesmo, acho que para o começo está até bom, pois consegui fazer a loja mais ou menos como eu queria. Ainda pretendo montar uma realmente do jeito que desejo, mas sei que terei que investir muito dinheiro, então vou ter que aguardar as vendas aumentarem. Mas essa de loja virtual grátis realmente não existe.
    Por exemplo agora vou ter que investir em algumas coisas como uma máquina semi profissional, uma filmadora e um curso de photoshop. Até agora estava fazendo coisas legais, mas bem tabajara, agora vou partir para o semi profissional e futuramente para o profissional. Quando se tem pouca verba, tem que ser assim.

    • Redação 26 de junho de 2011 at 21:45 - Reply

      A coisa é por ai mesmo Sara. Essa histório de que se pode fazer uma loja virtual “sem gastar nada” é uma lenda que vem do tempo em que o e-commerce no Brasil não era nada profissional. Hoje em dia, tentar fazer isso é uma completa perda de tempo.

      Um grande abraço e boa sorte

      Alberto Valle

  4. Gerson Luiz 18 de fevereiro de 2011 at 11:30 - Reply

    Prezados,

    Essa matéria é muito boa mesmo. Estou tentando adequar minha loja virtual desde novembro através da solução pronta do UOL. Plataforma Magento, projeto de acordo com regras SEO, focada em buscadores, etc. tudo por R$ 51,00/mês.

    Não estou aqui pra falar mal do UOL, pois a opção foi minha, mas queria uma indicação de plataformas de loja virtual com interfazes mais amigáveis, ainda que não seja por R$ 51,00 (rsrs), pois não tenho nem coragem de lançar oficialmente a loja, ainda que já esteja no ar e tenha inaugurado as vendas.

    Grato,

    Gerson

    • Redação 21 de fevereiro de 2011 at 10:03 - Reply

      A plataforma da UOL é muito boa. Realmente o Magento é bem sofisticado, mas aconselhamos a insistir, pois se trata da melhor plataforma da atualidade. Outras soluções também requerem muito esforço no sentido de entender o sistema. E-Commerce é assim, exige muita dedicação.

Leave A Comment